O que fazer em Havana – Cuba

Rua de Cuba I

Vai pra Cuba sim! Se você tiver essa oportunidade na vida, não deixe de ir. É um país rico em história e cultura, com lindas praias e um povo encantador. É uma experiência única. Vá de mente, coração e ouvidos abertos.  Porém, antes de ir esteja atento a algumas informações. Leia as minhas dicas essenciais do que você precisa saber antes de ir, aqui

Vou dar aqui o meu breve relato sobre a nossa chegada, não entrarei em questões políticas e ideológicas, ok?  E a seguir leia as 10 dicas importantes para quem vai a Cuba pela primeira vez.

A minha viagem a Cuba foi uma das mais esperadas e planejadas e também uma das que mais me deixou ansiosa, fiz 40 anos e sabia que comemoraria com uma super viagem, escolhi México e Cuba, junto com a minha prima, a minha parceira dessa viagem. Fui sem um roteiro predefinido, na verdade só havia planejado ir para um resort em Cayo Santa Maria, uma ilha localizada ao norte do país ( farei um post exclusivo sobre essa experiência). De resto, deixei tudo acontecer naturalmente.  Depois de ter passado uma semana no México, Havana era o próximo destino.

Importante: Brasileiros precisam de visto para entrar em Cuba e o formulário é vendido pelas companhias aéreas que realizam o vôo para o país, no momento do Check-in. Em Cancún comprei por 20 Euros com funcionários da Aeroméxico, a companhia aérea que eu viajei.

O controle de imigração foi tranquilo apesar de demorado. Vi algumas pessoas tendo que se explicar mais do que o normal, mostrando documentos, conversando com outros oficiais (não tenho ideia dos motivos). Não me pediram nada, mas eu tinha tudo muito bem organizado: comprovantes de hospedagem, bilhetes de ida e volta, seguro saúde e Certificado Internacional da Vacina de Febre Amarela, mas nem solicitaram, talvez porque o vôo tenha saído do México.

Ao sair da porta de desembarque os turistas já são abordados por dezenas de taxistas, o que é um pouco irritante, vá preparado para lidar com esta situação pois ela irá se repetir quase sempre, diariamente. Procuramos o Stand de Informações Turísticas e no recomendaram trocar o dinheiro na cidade. A moeda local para turistas é o CUC.

Se tem uma coisa que você precisa saber é que não há taxímetro em Cuba, todas as viagens precisam ter seu valor combinados previamente com o motorista. Não entre em nenhum táxi sem negociar antes. O valor padrão do trajeto do Aeroporto ao Centro de Havana custa entre 25 e 30 CUCs, são quase 20 km de distância. O taxista que eu peguei foi indicado pela funcionária do balcão de informações turísticas. Ao ser informada que ele era credenciado fiquei mais tranquila, o trajeto até o Centro custou 30 CUCs. (paguei em Euro = 30,00). Chegamos no estacionamento e o veículo parecia tudo menos um táxi, não havia qualquer sinalização e um aspecto muito velho. Carro novo em Cuba é artigo de luxo, eu já sabia disso e nem esperava nada demais porém neste o porta-malas não abria ( tínhamos 2 malas grandes que foram no banco ao lado da minha prima), o banco do carona não movia para trás ( tenho quase 1,80m e minhas pernas são longas…rs) e, claro, não tinha cinto de segurança, meus joelhos exerceram tal função. Não há cinto de segurança na maioria dos carros e se há não usam. Simples assim. Acostume-se.

A experiência foi até engraçada e eu ainda tive que usar uma ferramenta dada pelo motorista para abrir a janela.  Tava calor e, lógico, não tinha ar condicionado. A primeira sensação que tive ao sair do Aeroporto Internacional José Martí  era de ter voltado no tempo uns 60 anos.

Enfim começava uma das viagens mais incríveis da minha vida.

Havana é uma cidade com atrações incríveis, há muito o que fazer, ver e visitar. Na minha opinião, não há nada melhor do que sair caminhando pelas ruas de Havana Velha e Centro, está tudo muito próximo e é possível visitar quase todos os principais pontos à pé. Passei 3 dias na capital cubana e consegui conhecer muitos lugares e pessoas interessantes.

Atrações Imperdíveis:

Malecón

Malecón I

É a avenida à beira-mar da cidade com uma extensão de aproximadamente 8 Km. Os cubanos  costumam ir até lá para caminhar, correr, pescar, encontrar amigos ou apenas sentar e contemplar a paisagem e o pôr do sol.

Museo de la Revolución

20180217_160345

O edifício em que está o Museu já serviu como Palácio Presidencial e hoje é considerado o museu mais importante do país ao mostrar a história da revolução cubana em todas suas etapas. Há muitas fotos e alguns objetos pessoais de personagens que fizeram parte da Revolução de 1959. O Museu dá acesso ao Memorial Gramma. Gramma era o nome do iate que levou Fidel Castro e mais 81 revolucionários de México para Cuba, a fim de levar adiante a Revolução Cubana. O iate e outras peças, como parte do avião U-2 abatido em 1962, estão expostas neste memorial.

Plaza de la Revolución

20180216_163030

A Praça é uma das maiores do mundo e tem uma grande importância histórica, foi cenário dos principais atos e acontecimentos da Revolução Cubana e dos clássicos pronunciamentos de Fidel Castro. Hoje abriga um monumento dedicado a Jose Martí e também a sede do Ministério do Interior da República de Cuba e do Ministério de Informática e Comunicações que exibem nas suas fachadas, respectivamente, as imagens de Che Guevara e Camilo Cienfuegos, considerados heróis da Revolução.

Palácio de la Família Pedroso

20180216_124558

Localizado na rua Cuba em frente ao Parque Céspedes, é uma mansão do século 18 e uma das mais antigas construídas em Cuba. Os membros da família Pedroso era descendentes de famílias nobres em Havana . No final do século 19, a casa serviu sucessivamente como tribunal, prisão e sede da polícia. Hoje é um complexo de lojas, onde é possível encontrar lojas de artesanato, bons charutos,  música cubana, arte, moda, sapatos, joias e livros. Dica: Compre souvenirs nas lojinhas que estão nesta rua, são mais baratos.

Parque Central

Parque Central

Como o próprio nome diz o Parque está situado no Centro da cidade e é rodeado de construções importantes como o Gran Teatro de la Habana Alicia Alonso, O Hotel Telégrafo, o Hotel Inglaterra, O Hotel Parque Central, o Manzana de Gomez e o Museu Nacional de Belas Artes.

Capitólio Nacional de Cuba

Capitolio Havana

O edifício é um dos mais emblemáticos de Havana, foi sede do Governo até a Revolução Cubana e atualmente é a sede da Academia Cubana de Ciências. O prédio é muito parecido ao Capitólio de Washington nos EUA. Está em obras há alguns anos e fechado ao público, mas vale conhecer mesmo pelo lado de fora.

Calle Obispo

20180217_124029

Programa obrigatório, a Calle Obispo é uma das principais ruas de Havana destinada especialmente para pedestres. Ao caminhar pela famosa rua você vai encontrar muitas lojas de souvenir, bares, restaurantes, museus, livrarias, apresentação de músicos, mercado de artesanatos, etc.

Plaza de Armas

20180217_132739

Está cercada de muitos prédios interessantes e antigos, como o Palácio de los Capitanes Generales, que serviu como sede do Governo Espanhol e hoje abriga um museu. A praça está a poucos metros da Bahia de Havana. E está ao lado do Castillo de la Real Fuerza.

Castillo de la Real Fuerza

20180217_134246

É uma fortaleza militar construída no século XVI. O Castelo foi declarado Patrimônio da Humanidade da UNESCO. Aberto à visitação.

Floridita

Conhecido como o Berço do Daiquiri e onde Ernest Hemingway costumava ir para tomar o famoso drink, há  até uma estátua em sua homenagem ao lado do balcão.  O Daiquiri custa 6 CUCs, é uma delícia! Está situado na Calle Obispo, 577, esquina com a Avenida Bélgica, Havana Velha.

 

20180217_114610
El Floridita
20180217_142907
O famoso Daiquiri do Floridita

 

O que fazer de noite em Havana:

Havana tem uma noite animada e muito musical, esses foram os lugares em que tive momentos muito divertidos e que recomendo a visita:

Fábrica de Arte Cubano

Inaugurada em 2014, é um espaço que abriga as diversas manifestações culturais: artes plásticas, fotografia, moda, literatura, desenho gráfico, cinema, música, teatro e dança.

Para quem gosta de curtir a vida noturna, a Fábrica é uma atração imperdível. Durante a noite é muito procurada por turistas e cubanos que buscam diversão, com direito a ambientes diferentes de música, apresentações de banda e DJ. Há também um espaço aberto com bar. A entrada custa 2 CUCs.

End: Calle 26, esquina com a Calle 11. Vedado

La Bodeguita Del Medio

É um dos lugares mais famosos de Havana e muito visitado por turistas. É lá que você vai tomar o famoso e tradicional Mojito Cubano. Se for jantar, faça reserva ou chegue cedo. Cheguei às 22:30 e a cozinha já estava fechada mas fiquei na parte do bar, tomando Mojitos e assistindo os músicos cubanos que tocam na entrada, muita gente fica pela rua curtindo a música.

End: Calle Empedrado, próximo a Plaza de la Catedral . Havana Velha.

Casa de la Música de Miramar

20180216_004450

Se você quer escutar e dançar uma boa salsa, a Casa de la Música é uma opção. Tem apresentação de banda e dançarinos, é divertido. A entrada custa 15 CUCs.

End: Avenida 20, n° 3308, esquina da Calle 35.

Onde Comer em Havana:

Aqui vou listar os restaurantes que eu conheci:

Restaurante San Cristóbal

Esse restaurante foi uma grata surpresa! Ficava na mesma rua onde eu estava hospedada, descobrimos ao passar na frente e logo nos chamou atenção. O local é lindo, com uma decoração atraente e colorida. A comida é ótima, o atendimento foi impecável. Fomos muito bem tratadas. Para nossa surpresa, era o restaurante onde o Presidente Obama esteve em 2016. Nas paredes há muitas fotos de celebridades internacionais que passaram por ali. De noite é aconselhável fazer reserva.

End: Calle San Rafael 469, entre Lealtad e Campanario. Centro Havana.

El Guajirito

Indicação do nosso querido Bici Taxista/Guia Eduardo para almoçar, o restaurante tem um ambiente bonito e agradável e a comida é boa. Gastronomia tipicamente Cubana. As atendentes são jovens e bonitas mas poderiam ser mais simpáticas.

Durante a noite acontece o famoso espetáculo “ Legendários Del Guajirito – Buena Vista Social Clube”. Imperdível!

O jantar que antecede o show custa 60 CUCs, com direito a 3 drinks. A comida do jantar não foi tão boa quanto a do almoço, porém o show vale muito à pena.

End: Zulueta 660, entre as Calles Apodaca e Gloria. Havana Velha.

El Cocinero

É um restaurante bonito, com área aberta, descolado, com atendentes lindos e jovens. Fica em Vedado, a zona mais “moderna” da cidade. Gostei mais do local em si que da comida,  Fui com a minha prima e nós duas tivemos a mesma opinião sobre a comida, talvez tenhamos feito as escolhas erradas, mas não achamos nada demais. Eu recomendaria ir mais para tomar uns drinks antes de entrar na Fábrica de Arte Cubana, que fica ao lado.

20180216_201511

End: Calle 26. Vedado.

La Piña de Plata

É um restaurante simples mas tem uma comida boa e barata. A localização é excelente, na esquina oposta ao Floridita e no início da Calle Obispo, umas das ruas mais tradicionais de Havana.

End: Obispo, 577 x  Bernaza. Havana Velha

Restaurante Doña Alicia

Antes de tudo, se prepare para a fila. O Doña Alicia é um restaurante novo, moderno e muito procurado.Tem um sistema de pedidos todo digital: o cardápio, pedidos e fechamento de conta são todos feitos num grande tablet ao lado da mesa. A comida é muito bem servida e deliciosa. E o preço é muito bom.

End: na esquina da Avenida Simón Bolívar x Padre Varella

Pasteleria Francesa

Situado na frente do Parque Central, é uma boa opção para café da manhã ou um lanche da tarde.

End: Paseo de Marti, 411. Havana Velha.

Dica Mara: No meu segundo dia por lá, tive a sorte de esbarrar com o Bici Táxi do Eduardo Alejandro, ele estava próximo ao Capitólio e ofereceu o seu serviço que dava direito a 3 horas passando pelos principais pontos da cidade, especialmente por Havana Velha. Ele não era apenas um condutor, ele foi um excelente guia, é professor na Universidade de Direito e Doutor em História e Sociologia, e nos deu uma verdadeira aula sobre Havana e suas histórias. Além de ter sido essencial para o resto da minha viagem, com informações e dicas sobre outros lugares que poderíamos visitar. Ele foi muito importante e eu até poderia fazer um post completo em sua homenagem. Caso você tenha possibilidade, entre em contato com o Eduardo antes de ir (eaan@nauta.cu) e agende um passeio, ele dá diferentes opções e custa em torno de 30 CUCs, vale cada centavo.

20180216_160053

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s